Raízes do Yoga/Meditação na América Latina

  • 33 Alunos matriculados
  • 20 Horas de duração
  • 1 Aulas
  • 6 Módulos
ASSINE JÁ

Obtenha acesso a este e outros cursos

Mestre, Doutor e Pós-Doutor em Ciência da Religião pela PUC-SP. Investiga há mais de uma década o Yoga/Meditação e seu diálogo com a sociedade latino-americana.
Prof. Roberto Simões

O curso tem como base os seis anos entre meu mestrado e doutorado em Ciência da Religião pela PUC-SP investigando o ioga brasileiro. A partir da minha dissertação - leia-a na íntegra - demonstrei como as escrituras antigas do ioga foram sendo ressignificadas modernamente pela ciência biomédica ocidental, culminando em uma nova doutrina (em andamento), considerada por alguns pesquisadores, como moderno ou contemporâneo.

O meu doutoramento me permitiu concluir, a partir de entrevistas colhidas no campo do microuniverso ioguico brasileiro - veja as entrevistas na íntegra em PODCASTS -, que está havendo uma reforma (em processo ainda) doutrinária nas escrituras ioguicas aonde o estresse tem assumido o papel de mal a ser combatido - ao invés dos klesas tradicionalmente. Os conceitos de samadhi e kaivalya também vem sofrendo transformações à brasileira - leia a tese na íntegra. O diálogo entre temas nos levarão a discutir o papel dos iogues dentro da sociedade brasileira e compondo um microuniverso espiritual particular.

 

 

 

Conteúdo Programático

 

- O início das pesquisas científicas da biomedicina com o ioga;

- A neurofisiologia das práticas ioguicas e as suas aplicações como técnicas terapêuticas laicas por iogues e profissionais da saúde;

- Introdução aos conceitos de Homeostase, Estresse e Relaxamento;

- Asthanga Yoga, a proposta de Patanjali para o fim do sofrimento humano: Klesas, Vrttis, Samadhi e Kaivalya;

- Contextualização

- As eras do ioga e o surgimento do ioga moderno;

- A ressignificação simbólica da doutrina moderna do ioga a partir do seu encontro com a ciência biomédica e a educação física;

- Ioga Contemporâneo e a reforma em processo das causas do mal;

A todos que buscam desvencilhar os caminhos que trouxe o Yoga Latino-Americano possuir uma identidade singular.

Prof. Roberto Simões
"Mestre, Doutor e Pós-Doutor em Ciência da Religião pela PUC-SP. Investiga há mais de uma década o Yoga/Meditação e seu diálogo com a sociedade latino-americana."

       

Mestre, Doutor e Pós-Doutor em Ciência da Religião pela PUC-SP, possui a sua graduação em Ed.Física e especialização em Psicologia, Fisiologia e Yoga. Após alguns anos estudando e praticando ioga lançou um livro em co-autoria sobre os aspectos neurofisiológicos e espirituais que envolvem o ioga e a sua mais conhecida prática, a meditação.

Após alguns anos trabalhando como voluntário em grupo de estudos de psicobiologia da UNIFESP enveredou para as humanas e a filosofia, investigando por seis anos a religiosidade do ioga brasileiro. No seu mestrado pesquisou a íntima relação que o ioga contemporâneo vem estabelecendo com a ciência biomédica. Essa aproximação - ioga e biomedicina científica - transforma cada vez mais a prática espiritual ioguica mais como técnica terapêutica laica. O seu foco, no entanto, estava nas ressignificações que esse contato surtiu na doutrina do ioga contemporâneo e, em específico, no surgir das escrituras modernas.

doutorado veio na sequencia, a partir de um problema surgido ao final da sua dissertação. Se a doutrina moderna do ioga havia de ressignificado, qual o impacto disso na proposta antiga de libertação humana (kaivalya)? Desse modo, sai a campo investigando 10 iogues renomados no Brasil e mais 3 cientistas da área biomédica que investigam o ioga como técnica terapêutica.

Entretanto, o grande mote da tese foi evidenciar que o flerte do ioga com a ciência moderna tem reformado os seus preceitos espirituais, como dos klesas em estresse, samadhi em relaxamento-espiritualizado e kaivalya em homestase-eterna.

A repercussão dessa transformação em processo tem conduzido ao ioga contemporâneo desvincular-se do Hinduísmo e da mística Nova Era; como resultado, os iogues mais tradicionalistas reclamam um "retorno à tradição". Seu projeto em andamento (S)sendo Yoga Latino-Americano dá continuidade a essa investigação, agora se preparando para seu pós-doutoramento.

Seu foco de investigação está no ioga contemporâneo com a sociedade latino-americana e suas interface como uma nova espiritualidade autônoma em processo.

Mas o que ele gosta mesmo é estar com a sua família na ilha de Floripa ou viajando com ela, e dialogando com os seus alunos pelas cidades brasileiras e latino-americanas.


Voltar ao topo